Estratégias eficientes para comprar moeda estrangeira

0
297

Vai viajar? Precisa de moeda estrangeira?  Aprenda estratégias eficientes para comprar sua moeda! Estar de férias e viajar ao exterior é sempre muito bom. Nesse sentido, a compra da moeda estrangeira faz parte de toda a preparação. Isso porque, devido às grandes oscilações do câmbio, o preço pode variar e se tornar um pesadelo. Por isso, é preciso escolher o momento certo de comprar. Há muitas opções de câmbio no mercado e diferentes taxas e impostos que devem ser levadas em consideração.

Por motivos econômicos, políticos ou ligados a algo específico no cenário exterior (outros países), a cotação de moedas estrangeiras está sempre mudando, no mundo todo. A mudança pode ser de apenas alguns centavos, mas faz, sim, diferença no valor final a ser pago. 

Para evitar um preço final muito alto, a melhor estratégia é começar a comprar a moeda com antecedência e aos poucos. Por um simples motivo: em momentos de muita incerteza e oscilação da moeda, isso garante que você conseguirá um bom preço médio. 

Neste post, apresentamos algumas estratégias para adquirir sua moeda para viagem de forma eficiente, simples e transparente. Continue a leitura para conferir!

Tenha planejamento

A melhor maneira de garantir boas compras de moedas estrangeiras é se planejando com antecedência. Assim, é possível se organizar financeiramente, considerando o orçamento disponível. Inclusive, fica mais fácil estruturar o cronograma para a compra de moeda, reserva de passagens, etc. 

O ideal é que o início do planejamento seja com pelo menos 6 meses de antecedência. Esse prazo é o suficiente para contornar qualquer imprevisto. Nesta etapa, algumas decisões devem ser tomadas e seguidas à risca. 

Assim, nós da Pryor Exchange, aconselhamos nossos clientes a definir a quantia a ser levada e, isto feito, recomendamos utilizar dois mecanismos, que são: Uma quantia em espécie e um montante carregado em cartão pré-pago. Você pode conferir mais clicando aqui!

Para a compra de espécie a melhor maneira de garantir boas taxas das moedas estrangeiras é se planejando com antecedência. Assim, é possível se organizar financeiramente, considerando o orçamento disponível. Inclusive, fica mais fácil organizar o cronograma para a compra da moeda em etapas. 

O cartão Pré-pago é o meio ideal de levar valores elevados para o exterior. Dessa maneira, também é necessário considerar no planejamento o uso do cartão de crédito, pois, alguns estabelecimentos, como hotéis e locadoras de carros, exigem um valor inicial à vista como garantia para disponibilizarem seus serviços. 

Compre aos poucos (Espécie ou cartão pré-pago) 

Nos últimos anos, o mundo, de modo geral, vem enfrentando crises econômicas. Enquanto os  Estados Unidos travam uma batalha comercial com a China e o coronavírus bateu forte no mercado, derrubando as bolsas mundo afora, o vírus causa temores de uma pandemia que teria impactos nefastos na economia da China especificamente, e do mundo como um todo por reflexo diante do tamanho e importância do país no comércio global. O Brasil permanece com incertezas referentes às expectativas de suas exportações, por ser um país majoritariamente exportador de commodities. Todos esses fatores fazem as taxas de câmbio oscilarem constantemente. 

Devido a essa instabilidade global, o mais indicado é programar a compra aos poucos, com antecedência. Faça isso, quando possível, nos  momentos de baixa da moeda. Isso permite que a compra seja realizada com taxas mais atrativas e, nos dá Pryor Exchange fornecemos taxas competitivas, processo ágil, transparente e sem letrinhas miúdas. 

Compare as taxas dos bancos e casas de câmbio 

Os bancos e as casas de câmbio operam com diferentes taxas de conversão. Assim, realizar consultas constantes em sites de cotação pode ser uma ótima maneira de economizar dinheiro. Além disso, é possível comparar as casas de câmbio que oferecem as taxas mais atrativas. 

Uma dica legal é fazer uma análise usando as ferramentas de cotação que podem ser encontradas em sites de busca.  

Confira também as taxas da Pryor Exchange, que realiza venda de moedas para clientes e não clientes a preços excelentes “sem letrinhas miúdas”.

Vale lembrar que comprar em aeroportos não é a melhor opção, uma vez que as casas desses locais costumam trabalhar com taxas elevadas. 

Busque empresas cadastradas no Banco Central

A aquisição de moeda estrangeira é sempre mais segura em instituições que estão cadastradas no Banco Central. Isso se deve ao fato de que as instituições credenciadas têm a obrigação de apresentar a procedência do dinheiro, honrar os compromissos tributários e garantir a devolução de notas falsas

O mesmo não ocorre no mercado paralelo, também chamado de câmbio negro. As moedas adquiridas de forma ilícita nesse mercado, se detectadas por autoridades competentes, podem ocasionar penalidades. 

Priorize o cartão pré-pago 

Como já adiantamos, é preciso se programar para levar diferentes meios de pagamentos nas viagens. Assim, parte do montante a ser utilizado no exterior deve ser em espécie (o que facilita a compra em pequenos comércios). A outra deve ser em cartão pré-pago é mais indicado em se tratando de valores elevados. 

Também na etapa de planejamento, deve-se considerar as diferentes taxas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que incidem sobre as transações com câmbio. Quando se adquire dinheiro em espécie, o valor do IOF é de 1,1%. Por outro lado, quando se adquire a moeda estrangeira via cartões pré-pagos, o valor é de 6,38%. 

Existem, portanto, vantagens e desvantagens na aquisição de moedas em espécie e em cartões pré-pagos. Como vimos, o dinheiro em papel é mais barato. Porém, também carrega consigo o desconforto de chamar mais atenção, aumentando a possibilidade de  furtos. Além disso, em determinadas situações, pode ser inconveniente fazer o uso de serviços baratos com notas de valores altos. 

Já com relação ao cartão pré-pago o cartão MasterCard® da Pryor “O mundo em um” é possível carregar com 6 moedas Dólar Americano (USD), Euro (EUR), Libra Esterlina (GBP), Dólar Canadense (CAD), Dólar Australiano (AUD) e Dólar Neozelandês (NZD) em único cartão, sua vantagem é a possibilidade de fazer a recarga caso precise isso garante a praticidade de levar grandes valores sem chamar atenção. Assim, as chances de furto são reduzidas. Ademais, em casos de perdas, é possível solicitar um novo cartão na instituição em que foi adquirido. Por outro lado, a desvantagem, como vimos, é a taxa de IOF mais elevada para divisas adquiridas via cartão pré-pago, mais informações e benefícios Pryor Exchange

Assim, seguindo todos os passos listados acima, é possível: 

  • adquirir moedas estrangeiras com taxas mais atrativas; 
  • garantir maior segurança contra imprevistos;
  • e ter mais comodidade para aproveitar sua viagem. 

 Viaje o mundo com a Pryor Exchange !

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here