Comprar Dólar, Comprar Euro e + 18 moedas: Saiba tudo e economize na sua viagem

0
390
Dólar, Euro e mais 18 moedas

Ao planejar uma viagem dos sonhos, uma das grandes preocupações do turista é a compra de moeda estrangeira. Garantir uma boa cotação pode gerar economias significativas, disponibilizando mais dinheiro para gastar com produtos e experiências. Para isso precisamos considerar os impostos, taxas e formas de compra da sua moeda.

Impostos

O IOF é um imposto cobrado sobre as operações financeiras que também é aplicado em compras internacionais. Para ter um planejamento financeiro preciso e sem erros é essencial conhecer como funciona a cobrança do imposto. Saiba todos os detalhes neste post para fazer boas compras no exterior!

Como funciona o IOF em compras internacionais?

A finalidade do IOF é controlar a oferta e demanda de crédito no Brasil, e incide em operações de seguros, valores imobiliários, títulos, crédito e câmbio. Além de funcionar com taxas diferentes, o valor do IOF sobre operações de câmbio varia de acordo com o tipo de transação feita, e acaba sendo determinante no valor final de compra de moedas estrangeiras.

O tão falado IOF (Imposto sobre Operações Financeiras, instituído pelo governo federal), é ainda uma incógnita para quem quer comprar no exterior e está ingressando agora no negócio.

As diferentes alíquotas do IOF

Tanto os bancos como as corretoras de câmbio cobram o imposto federal na negociação de cotação com os clientes, fazendo o pagamento da taxa ao governo. Essas taxas são percentuais diferentes que variam de acordo com as operações aplicadas. Na tabela abaixo podemos ver quais são as alíquotas de IOF aplicadas nas diferentes operações de câmbio. Veja:

Operação de câmbioAlíquota IOF
Compra de moeda em espécie (ainda no Brasil)1,1%
Compra de moeda em cheque de viagem0,38%
Carregamento de cartão pré-pago6,38%
Cartões de crédito e débito (somente saque) internacional6,38%
Transferência bancária0,38%
Transferência bancária internacional para conta da mesma titularidade (do Brasil para o exterior)1,1%
Transferência bancária internacional para conta em nome de outra pessoa (do Brasil para o exterior)0,38%
Fonte: Banco Central do Brasil

O valor do câmbio

Como vimos até agora, o IOF em compras internacionais tem algumas variações. Mas, é muito importante que além desse imposto, você sabia a cotação do câmbio nas diferentes possibilidades de compra de moeda estrangeira. Para começar, existe dois tipos diferentes de câmbio, Comercial e Turismo.

Comercial

Corresponde à média de transações no mercado financeiro e serve de parâmetro de pagamento das importações e exportações de produtos comandadas pela Carteira de Exportação e Importação do Banco do Brasil.

Isso significa que ele diz quanto uma moeda vale em relação a outra e que influencia totalmente em diversas operações que exigem moedas estrangeiras — esse é considerado o câmbio verdadeiro.

Turismo

Embora tenha o câmbio comercial como base, há um acréscimo que chamamos de spread. O spread nada mais é do que custos adicionais na hora da conversão do dinheiro. Esse é o valor usado em bancos e corretora nas operações de câmbio.

Contudo, o Banco Central permite que cobranças extras de câmbio sejam negociadas pelas corretoras de câmbio e bancos. Sendo assim, todas as operações que mostramos até agora usa o câmbio turismo.

Agora que você já sabe quais os impostos, taxas incidentes e tipos de câmbio, vamos ver como comprar e suas modalidades

Espécie, Cartão Pré-Pago e Cartão de crédito

Em espécie

Se a sua decisão for de comprar em papel saiba que terá que arcar com 1,1% de IOF — imposto sobre operações financeiras sobre o valor total da moeda adquirida.

Assim, nós da P6cambio, aconselhamos nossos clientes a definir a quantia a ser levada e, isto feito, recomendamos utilizar os mecanismos de buscas na internet “cotação de taxas “ para encontrar a melhor cotação e assim economizar na compra da sua moeda e, Você pode conferir as taxas praticadas clicando aqui!

Cartão pré-pago

Já o cartão pré-pago que funciona como débito, o IOF é de 6,38% sobre o valor que foi carregado no cartão. As taxas de adesão e tarifas de saque ou recarga variam conforme a operadora. O cartão Pré-pago é o meio ideal de levar valores elevados para o exterior.

Seu funcionamento se dá pelo sistema de carregamentos. Isto é, você define um valor que pretende gastar com o cartão internacional antes de viajar, e em seguida, carrega o cartão com o valor escolhido.

A compra da moeda estrangeira com o cartão pré-pago se assemelha à compra do dinheiro em espécie, já que a cotação da moeda é feita no dia da operação. Em algumas casas de câmbio e alguns bancos, ainda é possível negociar o câmbio.

Não existe limite a respeito da quantidade de vezes que você pode fazer a recarga, e o cartão normalmente não é vinculado com nenhuma conta bancária. Com ele, você pode fazer pagamentos online, compras em estabelecimentos físicos e saques em terminais eletrônicos no exterior. Tenha em mente, porém, que os saques possuem uma taxa fixa na moeda em uso.

Cartão de crédito

O cartão de crédito é o meio menos recomendado, pois a taxa de IOF é de 6,38% sobre o valor da compra realizada em dólar é altíssima se comparado às outras modalidades. Caso a compra seja realizada em outra moeda, essa será convertida em dólar para receber a aplicação do IOF.

Pelo fato de muitas pessoas possuírem um cartão de crédito que pode ser usado em compras no exterior, comprar uma moeda estrangeira com ele costuma ser uma opção menos trabalhosa. Para isso, basta ligar para o banco e autorizar essa funcionalidade, sem necessidade de ter que contratar os serviços do cartão, como acontece no caso do pré-pago.

Com o cartão de crédito internacional é possível fazer qualquer tipo de pagamento, além de compras online. Em alguns bancos, ainda é possível efetuar saques. Dessa maneira, também é necessário considerar no planejamento o uso do cartão de crédito, pois, alguns estabelecimentos, como hotéis e locadoras de carros, exigem um valor inicial à vista como garantia para disponibilizarem seus serviços. 

A partir de março de 2020 as regras serão mudadas pelo Banco Central — as compras realizadas com cartão de crédito no exterior serão computadas com a cotação do dia, o que facilita o controle de quem quer usar o crédito e saber uma média de quanto pagará por isso.

Compare as taxas dos bancos e casas de câmbio

Os bancos e as casas de câmbio operam com diferentes taxas de conversão. Assim, realizar consultas constantes em sites de cotação pode ser uma ótima maneira de economizar dinheiro. Além disso, é possível comparar as casas de câmbio que oferecem as taxas mais atrativas. 

Uma dica legal é fazer uma análise usando as ferramentas de cotação que podem ser encontradas em sites de busca.  

Vale lembrar que comprar em aeroportos não é a melhor opção, uma vez que as casas desses locais costumam trabalhar com taxas elevadas. 

Confira também as taxas da P6cambio, que realiza venda de moedas para clientes e não clientes a preços excelentes de forma simples, fácil, muito seguro com delivery grátis e o melhor com seguro.

Viaje o mundo com a P6Cambio!!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here