Regime de Admissão Temporária e quem tem direito – A P6câmbio explica!

0
195

Entenda o que é o Regime de Admissão Temporária, quais as vantagens desse tipo de importação e quais são os tipos de produtos que podem entrar no país sob esse regime.

Assim como no Regime de Exportação Temporária, no Regime de Admissão temporária, as mercadorias podem entrar no país por um prazo determinado sem o pagamento de tributos. Veja quais são as vantagens que esse regime proporciona para os importadores. Confira!

O que é Regime de Admissão Temporária?

O Regime de Admissão Temporária são regras que regulam a entrada de certas mercadorias no país, por tempo determinado. Nesse modelo, os exportadores são dispensados do pagamento de tributos aduaneiros incidentes sobre a exportação. Isso porque as mercadorias são exportadas com a promessa de serem enviadas ao seu país de origem novamente. 

Esse modelo de regime inclui mercadorias que são destinadas a feiras, exposições, congressos e eventos – desde que sejam de caráter científico, comercial, técnico, cultural ou esportivo – com objetivo de promover seu responsável de forma comercial, pessoal ou no exercício temporário de atividade profissional de não residente. 

As mercadorias poderão permanecer no país sem nenhum tipo de taxação por tempo determinado. 

Um exemplo de uso desse regime são as empresas que vêm para o Brasil participar de feiras e exposições. Essas empresas podem enviar seus maquinários, equipamentos e outras mercadorias, para que permaneçam no país pelo tempo do evento. 

Um exemplo para simplificar o salão do automóvel, realiza a importação temporária dos veículos.

No Regime de Admissão Temporária, algumas mercadorias podem entrar no Brasil sem pagar tributos e permanecer no país apenas por um tempo determinado.

Como solicitar

Os interessados em usar o Regime de Admissão Temporário devem formalizar seus pedidos na unidade da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB). O órgão é responsável pelo despacho aduaneiro das mercadorias ou dos bens a serem submetidos ao regime de admissão temporária.

A solicitação deve ser acompanhada da assinatura do Termo de Responsabilidade e, em alguns casos apresentar uma garantia de responsabilidade pelo pagamento dos tributos se houver descumprimento do regime. Para despachar os bens, será necessário apresentar: 

  • Declaração Simplificada de Importação (DSI);
  • Declaração de Bagagem Acompanhada;
  • Declaração de Importação (DI);
  • entre outras declarações, de acordo com o bem e a finalidade.

Após concluir a solicitação, é preciso aguardar até trinta dias para obter a concessão ou pelo indeferimento do regime. A contagem começa a partir do protocolo e instrução do pedido. 

Depois de autorizado o uso do Regime de Admissão Temporária, o prazo para a liberação das mercadorias (desembaraço) é de três dias. A contagem do prazo pode ser interrompida devido às eventuais exigências formuladas no curso do despacho. O prazo para uso do regime pode variar de acordo com o despacho das mercadorias, necessidade de uso do regime, entre outros fatores. 

A P6câmbio é uma plataforma de pagamentos credenciada pelo Banco Central do Brasil que conecta você ao mundo. Permite que tanto empresas quanto pessoas físicas realizem um cadastro simplificado e rápido e possam começar a realizar operações de transferências internacionais de envio e recebimento.

P6câmbio

A P6câmbio e uma fintech de pagamentos que facilita suas operações cambiais entre o Brasil e o Mundo. Oferece assessoria completa em câmbio e uma equipe altamente qualificada, garantindo agilidade e segurança em todas as operações da sua empresa com as melhores taxas de câmbio.

Importação

Pagamento de Importações é uma natureza de operação voltada para compras de comércio exterior através da P6câmbio, você poderá realizar pagamentos em moeda estrangeira, para importações de máquinas, peças, veículos e diversos outros produtos adquiridos no exterior.

Para esta natureza, não se aplica IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Basta apresentar a documentação referente à operação como por exemplo: Invoice, LI – Licença de Importação, BL – Bill of Landing e/ou DI – Declaração de Importação quando aplicável.

Exportação

Pagamento de exportações é ideal para empresas que precisam receber o dinheiro das vendas realizadas no exterior através da P6câmbio, sua empresa recebe sem burocracia e complicação, todos os pagamentos relativos às vendas no exterior, já convertidos em reais.

Para recebimentos nesta natureza, não se aplica IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).Basta apresentar a documentação referente à operação como por exemplo: Invoice, RE (Registro de Exportação), SD (Solicitação de Despacho) e/ou DUE (Declaração Única de Exportação) quando aplicável.

Pagamento de Serviços Diversos no exterior

Realize pagamentos ou recebimentos de serviços jurídicos, técnicos, profissionais ou administrativos, além de serviços de consultoria, através da P6câmbio, especialista em câmbio no Brasil.

Para envios e recebimentos desta natureza tenha em mãos o contrato de prestação de serviço e/ou Invoice.

Para envios desta natureza aplica-se 0,38% de IOF e Imposto de Renda. Não há IOF para recebimentos. Consultar alíquotas.

Facilitamos suas operações cambiais entre o Brasil e o Mundo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here